26 de maio de 2024

Informação de Valor

Informação aqui tem valor.

Presidente Lula — Foto: Divulgação

Lula fala que Campos Neto é ‘teimoso’ e que juros vão cair

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva surpreendeu a todos nesta terça-feira ao expressar sua opinião sobre o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. De forma descontraída e criativa, Lula descreveu Campos Neto como “teimoso” e “tinhoso”, ressaltando sua resistência em baixar as taxas de juros no Brasil.

Durante sua “live” semanal, intitulada “Conversa com o Presidente”, Lula aproveitou para destacar as recentes conquistas do país, como a aprovação da reforma tributária e do voto qualificado do Carf no Congresso, além das negociações com os partidos do Centrão e os presidentes da Câmara e do Senado.

Segundo Lula, é essencial aproveitar essa oportunidade e garantir o crescimento econômico do Brasil. O presidente ressaltou que a confiança dos brasileiros está aumentando, com a queda do dólar e a perspectiva de aumento dos salários e do emprego. Além disso, a inflação está em queda, o que, segundo Lula, deveria levar à redução das taxas de juros. No entanto, ele criticou a teimosia de Campos Neto, afirmando que não há mais justificativas para manter as taxas elevadas.

O Banco Central tem sido alvo de críticas constantes do presidente e do governo por não tomar medidas para reduzir a taxa Selic, que se mantém em 13,25% ao ano desde agosto do ano passado, mesmo com a inflação acumulada em 3,94% nos últimos 12 meses.

Durante a transmissão, Lula também elogiou a atuação do relator da reforma tributária na Câmara, Aguinaldo Ribeiro, e destacou a importância de construir uma maioria para governar, ressaltando que o PT sozinho não tem a capacidade de garantir a governabilidade desejada. O presidente enfatizou que é necessário construir alianças e buscar o consenso político para alcançar os objetivos do país.